Siga este Blogue e indique aos seus amigos, eles lhe agradecerão...

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2008

Perguntando...

A reencarnação em nosso atual estágio evolutivo pode ser obrigatória, mesmo quando o Espírito ainda não se sinta pronto para reencarnar? Em caso positivo, como fica o livre-arbítrio?
O livre-arbítrio aumenta na medida em que o Espírito evolui. Assim, um Espírito ainda primitivo tem o livre-arbítrio limitado e sofre reencarnações compulsórias, ou seja, obrigatórias para seu crescimento. O Espírito de evolução mediana tem o livre-arbítrio relativo à sua evolução, porém não poderá ficar indefinidamente no plano espiritual a pretexto de não ter condições de reencarnar. Neste caso, poderá ser obrigado a isto para seu próprio bem.

O que se pode fazer para ajudar uma pessoa que desencarna sem saber da realidade da vida depois da morte? O que se deve fazer para que ele fique bem?
Todos os Espíritos ao desencarnar passam por momentos de perturbação de duração variável, dependendo de seu nível evolutivo. Após este período, são ajudados pela equipe espiritual a se adaptarem no mundo do além-túmulo, mesmo os que não têm maiores conhecimentos sobre este mundo, pois o que importa são os bens morais que levam consigo. Pode-se ajudá-lo através de preces sinceras, pedindo aos amigos espirituais que os amparem.

Gostaria de saber a opinião de vocês sobre a Transcomunicação Instrumental (TCI). Sobre a seriedade das pesquisas, sobre as "revelações" da espiritualidade neste campo. Se tais mecanismos de intercâmbio seriam um desenvolvimento natural da comunicação entre os dois planos?
Segundo o que ensina Allan Kardec, tratam-se de simples fenômenos de efeitos físicos e os Espíritos que se utilizam deste meio de comunicação são pouco adiantados, não tendo condições assim, de fazerem grandes revelações. Estes mecanismos não podem ser um desenvolvimento natural da comunicação entre os dois mundos pois, como sabemos, quanto mais evoluído é o Espírito, mais sintonizado está com o mundo espiritual. Assim, nos mundos mais evoluídos os Espíritos encarnados estão em sintonia direta com os desencarnados dispensando, portando, qualquer parafernália material. Achar que este é o meio de comunicação do futuro entre os dois mundos é admitir que Deus substitui o homem pela máquina, o que é contrário aos ideais de purificação do Espírito. A tese da Transcomunicação não se sustenta e não encara a razão face a face. Ruirá como ruiu todas as doutrinas de homens pelos séculos afora.

Sem comentários:

A Natureza é assim... Deus nos ensina se soubermos estar atentos...

A Natureza é assim... Deus nos ensina se soubermos estar atentos...
"Espíritas! Amai-vos, eis o primeiro mandamento; Instruí-vos, eis o segundo."

Vale a pena

Loading...

Se o amor se vai

Loading...