Siga este Blogue e indique aos seus amigos, eles lhe agradecerão...

sábado, 31 de maio de 2008

Ação de Medrado tira livro de circulação

Justiça manda recolher livro do padre Jonas Abib



Agindo com absoluta coerência, dentro da lei, da ética, destemidamente e sem qualquer contaminação pela doença da falsa humildade, o médium e conferencista espírita baiano José Medrado entrou com ação na Justiça contra o livro "Sim sim, não não", de autoria do Padre Jonas Abib, por se tratar de uma obra de discriminação e perseguição religiosa. A Justiça acatou a ação e determinou que o livro fosse retirado de circulação.



Eu já conhecia esse livro, que me foi enviado há mais ou menos uns 5 anos, pelo meu querido amigo escritor José Reis Chaves, de Belo Horizonte, teólogo católico que hoje é espírita, autor de livros notáveis, como "Reencarnação à Luz da Bíblia e da Ciência", "Face Oculta das Religiões" e outros (escritorchaves@globo.com).

Eu fiquei tão indignado com os absurdos colocados no livro que comecei escrever um livro intitulado "Não não, sim sim", em resposta a ele, livro este que está 90% pronto mas que ainda não publiquei, embora o outro escritor especializado em debates religiosos, Paulo Neto, também mineiro e meu amigo, autor de "A Bíblia Moda da Casa", tenha insistido muito para que eu o publique. (pauloneto@ghnet.com.br).

Para quem não conhece, o Padre Jonas Abib é aquele padre de cabeça branca, riquíssimo, dono da poderosa Rede Canção Nova de Televisão, sem dúvida uma das maiores competências em termos de empreendimento, já que a sua rede alcança o Brasil inteiro, via satélite, está presente em muitas TVs a cabo, possui retransmissoras em várias cidades brasileiras e tem presença até em muitos países. Ele de fato é competente, porque não é qualquer um que tem capacidade de construir o que ele construiu.

Todavia o diabo do homem é uma praga, em termos espirituais, porque é um inquisidor de marca maior, tem um verdadeiro ódio do Espiritismo, das religiões afros e de toda e qualquer crença que não seja a católica. Ele não é apenas contra, o que seria um direito inquestionável, já que ninguém tem obrigação de concordar com tudo, mas leva o seu ódio a tal ponto de incitar os seus seguidores a massacrarem os espíritas e destruírem tudo o que for de Espiritismo, Umbanda, etc...

É o que ele ensina em seu livro, "Sim sim, não não" em várias passagens que eu tenho inclusive anotadas mas não quero fazer este e-mail ficar maior do que aquilo que normalmente escrevo, citando-as.

Felizmente o público Católico de hoje já não é tão besta como o de alguns séculos atrás, para engolir tudo o que vem dos padres; prefere apenas freqüentar a sua igreja como obrigação religiosa de ir à missa, de batizar os seus filhos e de se casar na igreja, sem dar muita bola para as imposições arcaicas que ela mantém, como a proibição de sexo fora do casamento, a prática do sexo só para procriação, a proibição do uso dos contraceptivos e várias outras proibições que ela insiste em impor. Por incrível que pareça, o maior índice de pessoas que defendem o aborto é católico. Ninguém, entre os adeptos da Canção Nova, obedeceu a orientação sutil do seu líder, já que não consta, ainda, nenhuma prática de violência contra o Espiritismo e contra a Umbanda, por parte de membros daquele segmento católico carismático, como há por iniciativa de alguns segmentos protestantes pentecostais.

Mas vamos ao que interessa nesta matéria.



Medrado tirou o livro do padre de circulação.



O meu amigo José Medrado, médium notável de Salvador, um dos conferencistas espíritas que mais atrai atenção do público onde chega, pela excelência do seu estilo de comunicação simples e descontraída, (Na última vez que visitou o Centro Espírita Perseverança, em São Paulo, o maior centro espírita do mundo, falou para um público de quase 15 mil pessoas, o que só falta matar de inveja inúmeros dirigentes espíritas... e de raiva também), entrou com uma ação na Justiça, na capital baiana, muito bem embasada, pedindo providências contra aquela obra que vai de encontro à Constituição Brasileira, porque desrespeita o direito de crença das pessoas, é mentirosa quanto a conceituação das outras crenças, já que diz coisas do Espiritismo que ele não pratica, não faz e nem nunca fez, e ainda por cima incita, sutilmente, a guerra religiosa.

Medrado é muito bom nisso, viu gente? Ele é funcionário público concursado, diretor do Tribunal do Trabalho da Bahia e sabe muito bem onde se mete.

A Justiça não teve dúvidas, acatou o pedido.

O promotor Almiro Sena, competente e decente até onde não pode mais, que não tem medo de cara feia, diz que o padre Jonas faz no livro "afirmações inverídicas e preconceituosas à religião espírita e às religiões de matriz africana, como a umbanda e o candomblé, além de flagrante incitação à destruição e ao desrespeito aos seus objetos de culto".

A ação cita trechos do livro que, na avaliação da Promotoria, trazem ofensas ao espiritismo e às religiões afro-americanas: "O demônio, dizem muitos, 'não é nada criativo'. (...) Ele, que no passado se escondia por trás dos ídolos, hoje se esconde nos rituais e nas práticas do espiritismo, da umbanda, do candomblé", diz o padre Jonas Abib na sua obra.

Mas é muito sem vergonha, né?

O juiz Ricardo Schmitt, que é outro magistrado da mais alta dignidade na Bahia, acatou a denúncia contra o padre e mandou intimá-lo a comparecer a audiência de interrogatório, em dia a ser definido. A pena prevista neste caso é de um a três anos de prisão, e multa.

Para o Ministério Público baiano, que pediu o recolhimento do livro "Sim, Sim! Não, Não! Reflexões de Cura e Libertação", da editora Canção Nova, o padre cometeu o crime de "prática e incitação de discriminação ou preconceito religioso", previsto na lei 7.716, de 1989.



Deixe eu dizer quem é Medrado



Obviamente, para quem ainda não o conhece.


José Medrado é um médium extraordinário, de Salvador, Bahia, hoje conhecido no Brasil inteiro e também no exterior, já que várias vezes no ano viaja para diversos países, principalmente para a Europa, convidado para proferir palestras não apenas em instituições espíritas mas em Universidades, Centros de Pesquisas e até em igrejas de outras visões religiosas. Médium também de psicopictografia já teve os seus quadros, pintados mediunicamente, avaliados por centros científicos da França a fim compararem os traços e os estilos dos artistas Renoir, Monet, Manet, Modigliani e vários outros, espíritos, com as obras reconhecidas como originais dos mesmos artistas quando em "vida", com resultados tão positivos que levaram uma revista famosa, (uma espécie de "Caras" francesa), a publicar, mais de uma vez, capas com suas pinturas.


Apresenta o programa "Visão Social", na TV Bandeirantes da Bahia, todos os sábados, há quase 15 anos, programa este que é líder de audiência durante todo o período. Apresenta também um programa todo início de tarde na Rádio Metrópole FM de Salvador, também líder de audiência e escreve uma coluna toda as quartas-feiras, no Jornal A TARDE, que é o maior jornal do Norte e Nordeste do País. Por sinal esta coluna fui eu quem a iniciou em Salvador e hoje sinto-me honrado em vê-la continuar pelo estilo de comunicação fácil e agradável de um amigo tão querido.

O homem tem um prestígio impressionante junto às autoridades constituídas da Bahia e também todo o mundo artístico, já que é querido por todos. É comum os eventos realizados por ele terem as presenças do governador do Estado, do Prefeito, das primeiras damas etc... Jorge Amado gostava muito dele e sua esposa, Zélia Gatai, que desencarnou esta semana, fez questão de falar sobre ele em sua mais recente obra.

É muito comum Medrado receber telefonemas em seu programa de artistas famosos como Ivete Sangalo e todo aquele estrelato baiano que o Brasil todo conhece, saudando-o com todo carinho.

Mas, Alamar... e como espírita, como ele é?

Muitos espíritas, principalmente os mais carrancudos, poderiam talvez perguntar isto e eu já vou adiantando aqui:

Conforme os meus leitores já devem imaginar, Medrado não enfrenta moleza na língua dos espíritas não, já que em se falando de movimento espírita é absolutamente proibido que algum espírita se destaque em alguma coisa. Invariavelmente sofre retaliações terríveis, perseguições, boicotes e calúnias de toda ordem. Sempre foi assim, desde os tempos de Kardec. Com ele não é diferente. Eu escreveria páginas e páginas aqui para relatar o que sei de safadezas e sujeiras que já fizeram com ele, mas não vem ao caso neste momento.

Então é possível que alguns, no costumeiro ato do pré-julgamento, já comecem a formar frases assim:

- "Quando fica muito famoso assim, envolvido com artistas e com celebridades, envolvido com autoridades e famosos, certamente deve estar com a vaidade exacerbada e a invigilância deve ter tomado conta. Imagino como deve ser esse espiritismo que ele faz".

Sempre há quem ache isto, já que para ser espírita bem espírita tem que ser pobre, ou pelo menos fingir-se de pobre, apresentar-se como humilde... apenas apresentar-se, não necessariamente ser... e fazer um esforço enorme pra falar como Chico Xavier.

Medrado é ao contrário dessas coisas. Pra começar, ele não apenas vive ao lado das celebridades não, ele é também uma celebridade porque o povo fez isso dele, mas sem necessariamente ser metido a besta e sem comprometer-se como espírita. Não tem nada de fingimento não, ele é ele e não admite qualquer espécie de máscara.

O detalhe é que ele não se limita ao "Espiritismo congelado" como muitos fazem, e atende à recomendação doutrinária que sugere que o Espiritismo deve acompanhar a evolução científica e atualizar-se sempre, obviamente sem comprometer a sua base moral.

Ele não admite que o Espiritismo seja doutrina de apologia ao masoquismo e a tristeza porque não consegue conceber um centro espírita como uma sala de velório. Por este motivo, não admite a "seriedade" de fachada e imprime alegria total em suas palestras, canta, brinca com a platéia, faz uma comunicação altamente contagiante que mexe com todo mundo.


Na tentativa de apagarem o seu nome inventaram até que Divaldo Franco o detesta. Como é que pode algum espírita que raciocina imaginar que o meu querido amigo Divaldo é capaz de odiar alguém, sobretudo um companheiro tão querido. Estive com os dois juntos, por diversas vezes, inclusive tive a participação dos dois ao mesmo tempo em meu programa de televisão e o tratamento, recíproco, é carregado de muito afeto, carinho e admiração um pelo outro.


Vou parar, por enquanto, de falar de Medrado aqui, pra não ficar muito grande o e-mail; quem não o conhece ainda e quer conhecê-lo, sugiro entrar na página da sua grande obra, a "Cidade da Luz", www.cidadedaluz.com.br onde pode, inclusive, mandar um e-mail pra ele.

Para sintetizar quero dizer apenas que ele é queridíssimo por milhares de pessoas mas, para variar, tem muita gente, principalmente muitas das mais "conservadoras" lideranças espíritas, que fazem de tudo para apagar o seu nome, assim como fazem para apagar o meu.



Voltando ao caso do livro do padre



Medrado está corretíssimo na sua ação de recorrer à Justiça contra o mau caratismo religioso, como certo está todo aquele que recorre contra qualquer tipo de mau caratismo. O que é errado é a omissão espírita, a pseudo-bondade muito utilizada para fingir que não viu as perversidades praticadas por pessoas contra o seu próximo ou contra a doutrina.

É por causa dessa omissão que os tiranos continuam a agir, os caluniadores continuam a caluniar, os difamadores continuam a difamar e os sabotadores continuam a sabotar em nosso movimento, porque sabem que certamente a maioria dos espíritas não vai faltar com a "caridade" em reagir contra eles.

Pronto. Já existe jurisprudência. Sugiro aos confrades, advogados e magistrados espíritas, nas diversas cidades brasileiras... data vênia, companheiros... que fiquem de olho a qualquer agressão ao Espiritismo, pelo rádio, pela televisão, pelos livros ou pelo meio que for, para que ajam também.

Viva Medrado! Parabéns a Medrado e todo o nosso carinho para Medrado!



Abração a todos.





Alamar Régis Carvalho

www.alamar.biz

www.redelivros.net

orkut "alamarregis"

8 comentários:

joão paulo carrais disse...

PARABENS AO JORNALINHO ESPIRITA E AO SR.JOSÉ MEDRADO, POIS CREIO EU QUE NO MUNDO DE HOJE, JÁ NÃO HA MAIS ESPAÇO PARA ESTE TIPO DE COISA, PORÉM TRISTEMENTE A GENTE VE MUITOS SITES NA INTERNET DIFAMANDO DE FORMA CALUNIOSA O ESPIRITISMO POR PARTE DE IRMÃOS DE OUTRAS RELIGIÕES, OREMOS PARA QUE DEUS TRAGA SABEDORIA E LUZ PARA ESTAS PESSOAS QUE PENSAM COMO ESTE SR. PADRE JONAS ABIB. QUE DEUS ILUMINE A MENTE DELE E QUE ELE REFLITA SOBRE A BESTEIRA QUE ESTA FAZENDO, POIS NO NOSSO PAIS HÁ Á LIBERDADE DE RELIGIÃO, E NÃO HÁ MAIS ESPAÇO PARA ESTE TIPO DE COMPORTAMENTO IMPRUDENTE E INFANTIL NO MUNDO DE HOJE. QUE DEUS E O MESTRE JESUS ABENÇÕEM A TODOS OS IRMÃO.

Anónimo disse...

Quero dizer-lhe que Sou Católica praticante e essa sua reportagem fere o direito de expressão. O Pe. Jonas é uma benção em muitas vidas que estavam perdidas e encontraram em Jesus o amor que lhes faltava. E deve ser isso que falta em você. Não concordo com sua reportagem mas você tem o direito de faze-la digo-lhe apenas que este livro mudou a vida de muitas pessoas. Muitos foram libertados, o que deve ter ocorrido com alguém perto de você para que ficasse tão preocupado com o que o livro fere "a discriminação". Discriminação está fazendo você, falando o que não sabe de um homem que é um profeta, e cuide para que Deus não te laçe!!!!

Anónimo disse...

EU SEI QUE HÁ O DIREITO DE EXPRESSÃO E ISSO É ESCRITO NA NOSSA CONSTITUIÇÃO FEDERAL, SÓ QUE A LIBERDADE COMEÇA E TERMINA QUANDO ATINGE A LIBERDADE DO PRÓXIMO E NESTE CASO O SENHOR PADRE JONAS ABIB ACABOU ESTRAPOLANDO A ESFÉRA DA LIBERDADE, OU SEJA A MINMHA LIBERDADE COMEÇA E TERMINA QUANDO EU INVADO A LIBERDADE DO PRÓXIMO E O SENHO PADRE JONAS ABIB ESTRAPOLOU A ESFÉRA DA LIBERDADE CAUSANDO AI UM CRIME E FERINDO A NOSA CONSTITUIÇÃO NO ARTIGO 5º DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL (TITULO II DOS DIREITOS E GARANTIAS FUNDAMENTAIS, CAPITULO I DOS DIREITOS E DEVERES INDIVIDUAIS E COLETIVOS, INCISO VI( É INVIOLAVEL A LIBERDADE DE CONSCIENCIA E DE CRENÇA, SENDO ASSEGURADO O LIVRE EXERCICIO DOS CULTOS RELIGIOSOS E GARANTIDA, NA FORMA DE LEI, A PROTEÇÃO AOS LOCAIS DE CULTOS E SUAS LITURGIAS). CARO ANONIMO HA SIM O DIREITO DE EXPRESSÃO POREM O MEU DIREITO COMEÇA E TERMINA A PARTIR DE QUE EU INVADO O DIREITO DO PRÓXIMO, O ESTADO BRASILEIRO É LAICO E DEVE-SE PERMANECER DESTA FORMA E O SENHOR JONAS ABIB ESTA COMETENDO AI UM CRIME DE ORDEM QUE FERE A NOSSA CONSTITUIÇÃO, POR ISSO SENHOR(A) ANONIMO REFLITA MAIS SOBRE ESTE ARTIGO QUE VOCÊ ESCREVEU E PROCURE LER E ENTENDER A NOSSA CONSTIUIÇÃO,ASSIM COMO TAMBEM CONHECER AS OUTRAS RELIGIÕES SEJA LA QUAL FOR ATÉ PARA NÃO TIRAR CONCLUSÕES PRECIPTADAS, COMO EU DISSE O ESTADO É LAICO, EXISTE SIM A LIBERDADE DE EXPRESSÃO NA QUAL TODOS TEMOS DIREITO DE SE EXPRESSAR, SÓ QUE A PARTIR DO MOMENTO QUE EU DENIGRO A IMAGEM DE ALGUEM,DE UMA RAÇA, OU UMA CRENÇA EU ESTOU COMETENDO UM CRIME, FOI O QUE O PADRE FEZ SERIA A MESMA COISA QUE ALGUEM PUBLICA-SE UM LIVRO PREGANDO AS IDÉIAS DE ADOLF HITLLER DISPARANDO O SEU ODIO CONTRA UM GRUPO QUE SEGUE UMA IDÉIA OU UMA RAÇA OU SEJA UMA E´SPÉCIE DE MEIN KAMPFF, É LAMENTÁVEL QUE HAJA PESSOAS QUE PENSE ASSIM COMO O SENHOR(A) E O PADRE JONAS ABIB, QUE SE DEIXAM SE LEVAR PELA PRECIPTAÇÃO, ESTUDE, PROCURE CONHECIMENTO NAS OUTRAS DOUTRINAS RELIGIOSAS E NÃO SE DEIXANDO SE LEVAR POR DIFAMADORES, SAIBA TER UMA ANALISE CRITICA APURADA ATÉ PARA NÃO CAIR EM CONTRADIÇÃO.

normando disse...

EU SEI QUE HÁ O DIREITO DE EXPRESSÃO E ISSO É ESCRITO NA NOSSA CONSTITUIÇÃO FEDERAL, SÓ QUE A LIBERDADE COMEÇA E TERMINA QUANDO ATINGE A LIBERDADE DO PRÓXIMO E NESTE CASO O SENHOR PADRE JONAS ABIB ACABOU ESTRAPOLANDO A ESFÉRA DA LIBERDADE, OU SEJA A MINMHA LIBERDADE COMEÇA E TERMINA QUANDO EU INVADO A LIBERDADE DO PRÓXIMO E O SENHO PADRE JONAS ABIB ESTRAPOLOU A ESFÉRA DA LIBERDADE CAUSANDO AI UM CRIME E FERINDO A NOSA CONSTITUIÇÃO NO ARTIGO 5º DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL (TITULO II DOS DIREITOS E GARANTIAS FUNDAMENTAIS, CAPITULO I DOS DIREITOS E DEVERES INDIVIDUAIS E COLETIVOS, INCISO VI( É INVIOLAVEL A LIBERDADE DE CONSCIENCIA E DE CRENÇA, SENDO ASSEGURADO O LIVRE EXERCICIO DOS CULTOS RELIGIOSOS E GARANTIDA, NA FORMA DE LEI, A PROTEÇÃO AOS LOCAIS DE CULTOS E SUAS LITURGIAS). CARO ANONIMO HA SIM O DIREITO DE EXPRESSÃO POREM O MEU DIREITO COMEÇA E TERMINA A PARTIR DE QUE EU INVADO O DIREITO DO PRÓXIMO, O ESTADO BRASILEIRO É LAICO E DEVE-SE PERMANECER DESTA FORMA E O SENHOR JONAS ABIB ESTA COMETENDO AI UM CRIME DE ORDEM QUE FERE A NOSSA CONSTITUIÇÃO, POR ISSO SENHOR(A) ANONIMO REFLITA MAIS SOBRE ESTE ARTIGO QUE VOCÊ ESCREVEU E PROCURE LER E ENTENDER A NOSSA CONSTIUIÇÃO,ASSIM COMO TAMBEM CONHECER AS OUTRAS RELIGIÕES SEJA LA QUAL FOR ATÉ PARA NÃO TIRAR CONCLUSÕES PRECIPTADAS, COMO EU DISSE O ESTADO É LAICO, EXISTE SIM A LIBERDADE DE EXPRESSÃO NA QUAL TODOS TEMOS DIREITO DE SE EXPRESSAR, SÓ QUE A PARTIR DO MOMENTO QUE EU DENIGRO A IMAGEM DE ALGUEM,DE UMA RAÇA, OU UMA CRENÇA EU ESTOU COMETENDO UM CRIME, FOI O QUE O PADRE FEZ SERIA A MESMA COISA QUE ALGUEM PUBLICA-SE UM LIVRO PREGANDO AS IDÉIAS DE ADOLF HITLLER DISPARANDO O SEU ODIO CONTRA UM GRUPO QUE SEGUE UMA IDÉIA OU UMA RAÇA OU SEJA UMA E´SPÉCIE DE MEIN KAMPFF, É LAMENTÁVEL QUE HAJA PESSOAS QUE PENSE ASSIM COMO O SENHOR(A) E O PADRE JONAS ABIB, QUE SE DEIXAM SE LEVAR PELA PRECIPTAÇÃO, ESTUDE, PROCURE CONHECIMENTO NAS OUTRAS DOUTRINAS RELIGIOSAS E NÃO SE DEIXANDO SE LEVAR POR DIFAMADORES, SAIBA TER UMA ANALISE CRITICA APURADA ATÉ PARA NÃO CAIR EM CONTRADIÇÃO.

josué disse...

ACHO ENGRAÇADO O COMENTÁRIO DA SENHORA "CATÓLICA" SOBRE LIBERDADE DE EXPRESSÃO, ORA O SITE MONFORT E O SITE DEFESA CATÓLICA NÃO DA ESPAÇO QUANDO ALGUEM QUER FAZER UMA CRITICA CONTRA ALGUMAS DE SUAS MATÉRIAS QUE DESCRIMINAN AS OUTRAS RELIGIÕES. CURIOSO NÃO? NÃO SERIA MELHOR PARARMOS COM HIPOCRESIA? AI EU DIGO AONDE ESTA A LIBERDADE DE EXPRESSÃO? ORA POSSO CRITICAR OS OUTROS E OS OUTROS NÃO PODEM ME CRITICAR? VAMOS PARAR COM A HIPOCRESIA!?

josué disse...

ah, e dizer que o padre jonas é um profeta ai já é demais, só se for o profeta do apocalipse como foi napoleão bonnaparte, adolf hittler e benito mussolini. padre jonas esta longe de ser um profeta e esta mais para um carrasco nazi-fascista.

Nilson Bruno Rodrigues disse...

Esse padreco é um boçal idiota

Nilson Bruno Rodrigues disse...

Me presentearam (infelizmente) com esse livreco do padre Jonas Abib. Nunca imaginei que um religioso fosse capaz de escrever tanta bobagem num livro tão pequeno. Esse padre tem que ser preso.

A Natureza é assim... Deus nos ensina se soubermos estar atentos...

A Natureza é assim... Deus nos ensina se soubermos estar atentos...
"Espíritas! Amai-vos, eis o primeiro mandamento; Instruí-vos, eis o segundo."

Vale a pena

Loading...

Se o amor se vai

Loading...