Siga este Blogue e indique aos seus amigos, eles lhe agradecerão...

quinta-feira, 3 de janeiro de 2008

PALESTRA NO CEAL SOBRE O TEMA: OS VEÍCULOS DE COMUNICAÇÃO E A EVOLUÇÃO DA HUMANIDADE. -- Colaboração.

ABERTURA:




HOJE, DIA MUNDIAL DO COMBATE À AIDS, NA PRIMEIRA PÁGINA DOS PRINCIPAIS JORNAIS DO MUNDO, APARECE UM RECADO DO PAPA, ATRAVÉS DO PRESIDENTE DO CONSELHO PASTORAL DA SAÚDE, CARDEAL JAVIER LOZANO BARRAGAN:
A AIDS é uma doença do espírito, é uma patologia ética e moral: é a imunodeficiência dos valores éticos, morais e espirituais (+culturais), de nosso povo!
Comprova com isto, a nossa idéia de que realmente estamos em um Mundo de Provas e Expiações.
NO ENTANTO, NÃO DEVEMOS NEM PODEMOS DISCRIMINAR NOSSOS IRMÃOS EM EVOLUÇÃO. DEVEMOS SIM ORAR POR SUA MELHORIA E FAZER O QUE FOR POSSÍVEL PARA DIMINUIR SEU SOFRIMENTO.
TAMBÉM, POR NOSSA VEZ, ALGUM DIA, TIVEMOS SERES QUE FIZERAM, POR AMOR, ESTE ESFORÇO PARA COM A NOSSA EVOLUÇÃO.
histórico:


A palavra, como tradução do pensamento, é o meio natural de comunicação entre os homens.
Desde tempos imemoráveis, o gênero humano utiliza a palavra oral como um Dom natural para transmitir idéias e pensamentos.
A escrita, invenção de caracteres representativos de sons e idéias, constitui um avanço e uma importantíssima forma de transmissão de pensamento, utilizada não só pelas primitivas civilizações, mas também pelas que se seguiram, até os nossos dias.
A invenção da imprensa, no fim da Idade Média, abriu importante espaço para a divulgação das idéias no seio das populações.
Ao lado da palavra oral, a imprensa, especialmente o livro, em rápida expansão, foram os grandes propulsores da instrução das massas.
A partir dos fins do século passado novos meios de comunicação juntaram-se aos existentes, facilitando o entendimento entre os homens, propiciando o progresso das nações.
O telégrafo, o telefone e, posteriormente, o rádio, a televisão e o computador/Internet, já em pleno século XX, são os grandes responsáveis pela transformação do mundo no terreno das comunicações.
Entretanto, se de um lado há inegável progresso tecnológico facilitando às massas humanas os conhecimentos científicos, a expansão da instrução pública, as facilidades para o comércio e a indústria, os proveitos para governantes e governados, para a saúde e bem-estar do povo, de outro lado há que atentar-se para um grave problema – o domínio dos meios de comunicação.
Ressalta aos olhos de qualquer observador atento á vida moderna resultante dos sofisticados meios de comunicação o problema ético por eles gerados.
O que ocorre é que os sistemas de comunicação – imprensa, rádio, televisão, computador/Internet – podem ser manipulados por grupos econômicos, comerciais e até religiosos, que nem sempre obedecem aos princípios éticos e morais que devem caracterizar todo o progresso, em qualquer sentido, em proveito das massas.
Alega-se que há necessidade de liberdade, individual ou grupal, em nome de uma democracia distorcida, e, nesse caso, a liberdade deve ser absoluta.
Nós, espíritas, entendemos que a liberdade é um bem precioso de todos, desde que vinculada à responsabilidade. (LEIS DE CAUSA E EFEITO, AÇÃO E REAÇÃO E O LIVRE ARBÍTRIO).
Não podemos compreender democracia e liberdade sem princípios éticos positivos que conduzam ao Bem para todos.
Urge, pois, que todas as nações estudem e adotem um código ético-moral de caráter universalista que regule os sistemas de comunicação, escoimando-os dos prejuízos da imoralidade, dos interesses puramente econômicos de grupos e colocando-os a serviço da instrução e da educação moral das massas.



INTRODUÇÃO:




1. Estamos imersos em uma sociedade de consumo extremamente materialista, característica de um Mundo de Provas e Expiações (EXISTEM OUTROS 4 MUNDOS);
2. Nós tentamos reproduzir em nossa vida terrena cópias infiéis (por conta de nossas imperfeições), daquilo que conseguimos armazenar de bom em nossas almas, do mais perfeito funcionamento das Administrações das Colônias Espirituais. São alguns resquícios positivos que nossas imperfeições permitiram reter deste mais correto funcionamento. Podemos dizer que ainda não é o mais perfeito do universo Divino, mas aquilo que já podemos alcançar, entender, compreender, internalizar e, por fim colocar em prática, para nosso próprio benefício (A EVOLUÇÃO E A CONSEQUENTE FELICIDADE E ALEGRIA DE AMAR, SERVINDO AO PRÓXIMO);
3. Todas as descobertas que Deus permite ocorrer no Planeta têm a finalidade do progresso consciente e responsável da humanidade terrena:
- a pólvora tem seus fins pacíficos, principalmente na construção civil, fogos de artifícios ornamentais (como é belo o espetáculo da passagem de ano nas praias do RJ), e muitos outros, mas a transformamos no mais letal dos objetos manufaturados pelo ser humano, isto é, feito pelas mãos dos homens;

- a cocaína surgiu como o melhor anestésico daquele momento de nossa história;

- as aeronaves encurtando longas distâncias e aproximando mais as almas, pode também servir como arma letal (VIDE 11Set2001), entre outras diversas invenções e descobertas, que seriam para benefício da humanidade, nós a transformamos em armas letais contra nós mesmos. Então o problema continua sendo o de nossa pequenez e da falta de um esclarecimento mais profundo, para nossa própria felicidade. Todas as vezes que a espiritualidade superior vê a possibilidade de melhorar a vida da humanidade terrena (ATRAVÉS DO USO DO LIVRE ARBÍTRIO E CONSECUÇÃO DE MÉRITOS OU “BÔNUS HORA”), um fim útil para esta descoberta ou invento, é permitido que isto ocorra para que provemos (PROVAS), a nossa capacidade de amar ao nosso próximo. Quando este propósito não é atingido, sofremos (CAUSA E EFEITO – AÇÃO E REAÇÃO);
4. A propaganda e a publicidade (spots, vídeos, vinhetas, out-dors, cartazes, folders, bus-dor, anúncios, RECLAMES, etc), são muito onerosas. Os veículos de comunicação de massa carecem apenas de melhor conhecê-los e entender com maior profundidade o seu funcionamento, pois o índice de credibilidade da mídia (livros, revistas, jornais, telejornais, rádios, etc), é muito maior do que a da propaganda e publicidade pagas (são criadas com detalhada perfeição e com total aprovação do cliente – podem até mentir!). Mais ou menos 70% de credibilidade para os veículos e aproximadamente 30% para os anúncios, reclames, comerciais, etc. Estivemos por 8 anos no Conselho Fiscal desta Casa e por mais 8 anos no Conselho Diretor, onde pudemos avaliar com precisão, a precária situação financeira que sempre vivemos e não teríamos condições de divulgar a Doutrina Espírita através deste mecanismo. O exemplo de cada um de nós sempre será como um rio caudaloso a arrastar as pedras e areias mais resistentes, os ainda desinformados irmãos em sofrimento. O melhor meio de ajudar é mostrar a nossa felicidade e alegria em auxiliar nosso próximo! A única expectativa da contra-partida do bem que praticamos é o prazer e a satisfação de bem servir ao próximo, bem como o regozijo interior. Além disso, levamos para a erraticidade os “BÔNUS HORA”, que é a riqueza prevalente no mundo espiritual;
5. Kardec nos deixou na Segunda Parte de “OBRAS PÓSTUMAS”, um projeto datado de 1868, que fala da publicidade da Doutrina Espírita, prevendo ampliar a circulação da Revista Espírita com a contratação de profissionais do setor remunerados e da divulgação em larga escala, em todos os jornais de maior circulação do mundo inteiro, das idéias Espíritas, multiplicando-lhe os adeptos e impondo o silêncio aos seus detratores, que teriam que ceder diante da opinião geral ascendente e favorável a racionalidade e inteligência de seus pressupostos, como também da convincente explicação doutrinária;
6. No livro CONDUTA ESPÍRITA, de André Luiz, psicografado por Waldo Vieira em 1960, onde existem orientações intrínsecas e pessoais para cada um de nós, nas diversas circunstâncias a vivenciar nesta área: Na propaganda, na tribuna, na radiofonia, na tribuna, na imprensa, entre outras situações no exercício desta necessária divulgação. Não há como se escusar das altas e graves responsabilidades assumidas no Plano Espiritual;
7. Emanuel nos diz, no Livro ESTUDE E VIVA, Psicografia de Chico Xavier, Capítulo 40, que a maior caridade que se faz para a Doutrina Espírita é sua correta divulgação;
8. Na gestão atual da FEB, a do Presidente Nestor João Mazotti, foi criada uma Assessoria de Comunicação Social, nos moldes em que Kardec havia previsto em 1868, com profissionais do setor em que se está avaliando, entre outras intenções, as iniciativas a tomar visando a intensificar a Divulgação Doutrinária com os recursos atuais, inclusive Internet, para melhor atingir a inteligência mediana da população mundial de nosso planeta. O linguajar mais adequado e os métodos mais eficientes, segundo a evolução moral e tecnológica de nossa era.
Lembramos que, para aumentar nossas responsabilidades, segundo o IBGE em seu Censo de 2000, A Doutrina Espírita é a Terceira Religião do país e seus adeptos são os que possuem maior nível de escolaridade e renda, portanto formadores de opinião.
Quantas obrigações e desafios temos pela frente!
“DEPENDE DE NÓS”.



DESENVOLVIMENTO:



1. Importância dos Veículos de Comunicação na erraticidade:


– Imaginem a CBN (A rádio que toca notícia), pedindo preces no Brasil, para as vítimas de terremoto no Japão, em vez de apenas noticiar sua existência; - Pensem na Rádio Nacional AM, a que mais é ouvida no Interior do todo o país, a que tem maior penetração nas diversas camadas sociais do Brasil, estimulando todas as almas a vibrarem AMOR pela cúpula governante dos EUA, para equilibradas decisões sobre uma possível invasão do Iraque. Quantas mortes, abreviando planejadas vidas de irmãos em evolução, suprimindo a possibilidade de melhoria, poderiam ser evitadas; Será que conseguiríamos modificar o curso de nossa história?



-Calculem, no horário nobre, às 21 Horas, todas as redes nacionais de televisão transmitindo uma mensagem edificante de um sábio, de qualquer religião Cristã, pedindo orações em favor das famílias que passam fome na Índia. Seria possível sensibilizar alguns empresários para distribuírem melhor sua elevada renda com estes sofridos povos?
- Projetem a melhoria social que poderia advir quando na rede mundial de computadores, a Internet, só se divulgassem mensagens de elevado teor moral, o famoso e verdadeiro “Correio Fraterno”.Quantos crimes deixariam de acontecer?
- A nossa Imprensa, em vez de apenas mostrar as catástrofes, sinistros, o sexo desregrado, a falta de estrutura familiar e a violência, entrassem com todo o seu PODER DE FOGO, em uma campanha em favor da PAZ nas favelas do RJ, realçando as atitudes positivas dos seus integrantes e motivando outros jovens e adultos a também trilharem o caminho do bem. Será que estaríamos construindo um mundo melhor para nossos filhos e netos?
OS ATUAIS INTEGRANTES DOS VEÍCULOS DE COMUNICAÇÃO AINDA VÃO ATINGIR SUA MATURIDADE PROFISSIONAL E ESPIRITUAL NECESSÁRIAS, PARA ENTENDER A MISSÃO DIVINA QUE ESCOLHERAM PELA EVOLUÇÃO DA HUMANIDADE!



2. As televisões atualmente já exibem alguns programas educativos, mas em horários de pouca audiência. Poucos são os programas instrutivos no horário nobre, e, quando são apresentados, os COMERCIAIS entremeados na programação, nem sempre condizem com o conteúdo educacional destes programas. Alguns bons livros mediúnicos nos relatam a existência no Plano Maior, de equipamentos e aparelhos semelhantes à televisão, com outra utilização diversa da nossa, onde são apresentadas, para o aperfeiçoamento e aprendizado do Espírito em evolução, muitas histórias edificantes. São mostradas palestras sobre diversos temas com a forma mais adequada de evolução dos povos, oferecendo aulas para a elevação moral, entre outros vários programas. Os filmes hoje tão vistos nas TVs a cabo têm outro conteúdo moral. A criatividade é muito maior, mais elevada e pura na erraticidade, do que a de nossos irmãos encarnados (cujas intuições ainda imperfeitas, não as captam com a perfeição original do emissor), por não haver as dificuldades que o corpo físico e material oferece;


3. Não se pode ter a expectativa de que, neste Mundo em que vivemos, possamos conseguir grande espaço no Mercado, para material educativo e/ou religioso. Estamos bem longe disso. Mas apresentar campanhas inteligentes e de grande impacto social, onde se possam garimpar iniciativas voluntárias em favor do bem comum (AÇÃO GLOBAL – IMAGEM DAS EMPRESAS ENVOLVIDAS - CIDADANIA), poderiam motivar mais pessoas ao exercício desta tarefa beneficente. Mas ainda é difícil que nossos empresários estarem propensos a investirem neste setor sem um retorno imediato;




4. Na imprensa escrita, veículo considerado “QUENTE”, por estar sempre à disposição para ser visto, lido e divulgado em todos os momentos.




5. SERÁ QUE JÁ NÃO ESTAMOS NO MOMENTO DE SAIR ÀS RUAS DIVULGANDO ESTE CONSOLADOR PROMETIDO POR JESUS?





CONCLUSÃO:




A FINALIDADE DA COMUNICAÇÃO SOCIAL DENTRO DO ESPIRITISMO E NAS CASAS ESPÍRITAS É, COMO A DE TODAS OUTRAS ÁREAS OU DIRETORIAS (ASSISTÊNCIA ESPIRITUAL, ATENDIMENTO FRATERNO, APOIO SOCIAL, ASSUNTOS DOUTRINÁRIOS, DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE, ENTRE AS OUTRAS):
- PREVENIR O SOFRIMENTO DE NOSSO PRÓXIMO, COM A DIVULGAÇÃO DAS INFORMAÇÕES ADEQUADAS AO MOMENTO, EM SEU NÍVEL PESSOAL;
ATRAVÉS DE NOSSOS EXEMPLOS MAIS EDIFICANTES, DIVULGAR O FELIZ RESULTADO DE NOSSAS AÇÕES EM FAVOR DE NOSSO PRÓXIMO E DE NÓS MESMOS;

MINORAR O SOFRIMENTO DE NOSSOS IRMÃOS EM EVOLUÇÃO, QUANDO AINDA CARECEM DESTE AUXÍLIO, LEVANDO A TODOS ESTE CONHECIMENTO DOUTRINÁRIO;
ALIVIAR AS DORES DAQUELES QUE AINDA NÃO COLOCAM EM PRÁTICA ESTES SÁBIOS CONSELHOS DO MUNDO MAIOR;
O MAIOR DE TODOS:
SERVIR DE ALAVANCA MORAL PARA A REFORMA ÍNTIMA E A CONSEQUENTE TRANSFORMAÇÃO DE NOSSO MUNDO DE PROVAS E EXPIAÇÕES PARA O DE REGENERAÇÃO, COM REFLEXOS IMEDIATOS EM NOSSAS PRÓPRIAS ALEGRIAS E FELICIDADES.
Cada um de nós tem parcela de responsabilidade no uso de todos os meios mais próprios de divulgação, com a finalidade de diminuir os sofrimentos de todos os que nos circundam, particularmente naquilo que já faz parte de nosso domínio e uso, que, normalmente o nosso egoísmo guarda apenas para os familiares mais próximos que vivem sob o mesmo teto, com o conhecimento de um mundo melhor.
Deus pretende que aceitemos a idéia de que todos fazemos parte de uma mesma família de irmãos em Cristo, seu filho.




CERTAMENTE:
“DEPENDE DE NÓS”
Enviado por: Joao Vitola

Sem comentários:

A Natureza é assim... Deus nos ensina se soubermos estar atentos...

A Natureza é assim... Deus nos ensina se soubermos estar atentos...
"Espíritas! Amai-vos, eis o primeiro mandamento; Instruí-vos, eis o segundo."

Vale a pena

Loading...

Se o amor se vai

Loading...