Siga este Blogue e indique aos seus amigos, eles lhe agradecerão...

quarta-feira, 16 de janeiro de 2008

Frederico reencarna

Frederico era um garoto feliz. Adorava o lugar onde vivia e os amigos que com ele partilhavam das muitas brincadeiras em meio às árvores e lindos jardins.

Além das brincadeiras, à tarde, todos iam às salas de estudo e lá aprendiam com os queridos tios e tias as lições de amor, de caridade e humildade, ensinadas pelo Mestre Maior: Jesus.

Certo dia, Saulo, seu grande amigo, trouxe-lhe uma notícia que o deixou meio triste. Era necessário que ele aprendesse algumas coisas, adquirisse umas tantas experiências, mas isto não poderia ser feito ali, nas escolas da Colônia.

Frederico teria que se mudar temporariamente para uma grande escola, um planeta chamado Terra.

Assustado Frederico chorou muito. Logo depois foi para um lugar sossegado no bosque, buscando pensar no que estava para acontecer com ele.

Ana, uma amiga muito querida, encontrou Frederico, sentou-se ao seu lado e esperou que seu choro se acalmasse. Frederico perguntou a Ana:

- Ana, por que eu tenho de ir embora? Eu sou tão feliz aqui. Terei feito algo de errado?
- Não, meu querido. Você nada fez de errado. O que está acontecendo chama-se Lei de Evolução
- Lei de Evolução? O que vem a ser?
- Lei de Evolução é a que dá a todos nós, filhos de Deus, oportunidades de, aos poucos, irmos eliminando os nossos defeitos e desenvolvendo as nossas virtudes, até atingirmos o maior grau possível de aperfeiçoamento. Para que isso ocorra, todos temos que nos submeter à experiência da reencarnação.
- Desculpe, Ana, mas ainda não consegui entender por que é que eu tenho de ir.
- Meu querido é preciso nascer de novo, junto aqueles que amamos ou junto daqueles que não amamos tanto assim, mas é preciso vencer as dificuldades, praticar o perdão e aprender sempre, desenvolvendo assim o amor no nosso coração.

- Ana, como vou viver sozinho, num lugar estranho, longe dos amigos que tenho aqui.
- Frederico, ninguém jamais está só. Você terá pais que o amarão muito e até irmãozinhos que o ajudarão no aprendizado. Além do mais, nós estaremos te acompanhando de perto, em todos os momentos da sua vida terrena.
Frederico confiava em Ana, amava a Deus, conformou-se, na certeza de que Deus sempre faz o melhor para os Seus filhos.

Começou, então, uma nova fase na vida de Frederico. Todos os dias ele ia junto com o seu guardião Saulo, ao Departamento de Reencarnação, a fim de ser preparado para a nova tarefa. Isso incluía a escolha, pelos responsáveis, das características físico-biológicas do corpo carnal que ele iria receber, bem como o preparo para a miniaturização do seu perispírito, a fim de se adequar à forma do bebê.
Frederico, junto com seus amigos espirituais, foi levado em visita ao Planeta Terra para conhecer o lugar e as pessoas com quem passaria a viver.
Chegando numa casa simples, mas muito bonita, foram recebidos pelos Amigos Espirituais que protegiam aquele lar.
- Que bom vê-los. Já os esperávamos.
Na sala um casal ainda jovem sentava-se ao redor de uma mesa e realizavam o culto do evangelho no Lar. Do outro lado da mesa uma menina e um menino conversavam animadamente.
Frederico percebeu a luz que existia naquele lar e sentiu-se muito feliz.

Após a leitura do Evangelho a jovem senhora fez sentida prece, rogando as bênçãos de Jesus para sua família e para todos os necessitados.
Nesse momento, toda a casa iluminou-se.

Mais tarde, após acomodar as crianças em seus leitos, marido e mulher também se recolheram para o merecido descanso. Conversaram um pouco e logo adormeceram.
Frederico aproximou-se daqueles que viriam a ser seus pais, olhou com simpatia e logo estremeceu. De onde os conhecia? Pareciam-lhe tão familiares...

Sem entender porque, de repente sentiu uma enorme saudade de sua mãe. Onde estaria ela?
Aproximou-se, então daquela mulher e tocou-lhe os cabelos, sentiu que uma força maior o impelia para ela, ao mesmo tempo em que um sono irresistível fechava-lhe os olhos, sem que ele pudesse controlar-se. Aconchegou-se naqueles braços macios e caiu num profundo sono, perdendo a noção de si mesmo.

Saulo aproximou-se, beijou-lhe os cabelos e depois agradecendo a Jesus numa prece, retirou-se, voltando para a colônia. O casal que receberia Frederico reunia todas as condições morais para orientá-lo nessa nova existência. Além do mais, havia entre eles fortes laços afetivos, trazidos de várias vivências anteriores. Parte da sua missão, portanto, estava cumprida.
Os meses se passaram e numa linda manhã de primavera Frederico desperta frágil e assustado, numa sala de hospital, chorando muito, enquanto seus pais o amparam em seus braços sorrindo, felizes...

Ao redor do berço, Saulo e os amigos da Colônia entoam uma canção rogando a Deus que lhe dê as forças necessárias para o cumprimento da sua tarefa terrena.
Como resposta, uma intensa luz ilumina todo o quarto e Frederico, devagarzinho, vai parando de chorar e adormece com um sorriso nos lábios...
(Retirada do Livro: Frederico Reencarna – autor: Rute Villas Boas e Ellen Pestili)

Sem comentários:

A Natureza é assim... Deus nos ensina se soubermos estar atentos...

A Natureza é assim... Deus nos ensina se soubermos estar atentos...
"Espíritas! Amai-vos, eis o primeiro mandamento; Instruí-vos, eis o segundo."

Vale a pena

Loading...

Se o amor se vai

Loading...