Siga este Blogue e indique aos seus amigos, eles lhe agradecerão...

sábado, 6 de dezembro de 2008

O ANJO DA GUARDA EXISTE?

Por ser uma crença comum entre os povos, Allan Kardec teve interesse em perguntar aos espíritos sobre a existência do chamado Anjo da Guarda, quando trabalhava no Livro dos Espíritos.
O Espiritismo tem uma respeitosa vantagem sobre as outras religiões. Enquanto elas imaginam como são as coisas do outro lado, nós espíritas, através dos médiuns, recebemos as informações. É o caso do Anjo da Guarda. Enquanto muitos apenas crêem que ele existe, nós podemos saber como as coisas realmente acontecem pelos contatos mediúnicos. E o interesse de Kardec em comprovar isto, fez com que reservasse nesse Livro, no Cap. IX (Mundos dos Espíritos)nos títulos VI e VII perguntas sobre os nossos protectores espirituais, os Anjos da Guarda, questões do número 489 a 524.
Afirmaram os Espíritos que a existência do Anjo da Guarda ou Espírito protetor é real.
E explicaram que, além do Anjo da Guarda, existem outros espíritos que por se interessarem por nós também tentam nos auxiliar, e são os espíritos familiares, os espíritos que nos são simpáticos, amigos de outras existências, espíritos afins e os que nos ajudam em diversas profissões, visando o bem da humanidade.
Mas todos eles são supervisionados pelo Anjo da Guarda, que é o responsável direto por nós. Agora, todos esses Espíritos que querem nos ajudar encontram dificuldades quando não seguimos o caminho do bem e por nossas ações negativas escolhemos outras companhias, isto é, pelo nosso livre-arbítrio.
Não são somente as crianças que têm Anjo da Guarda, eles nos acompanham desde o nascimento até o desencarne. E que, quando atingimos um grau maior para
conduzirmos a nós mesmos, não há mais necessidade do Anjo, mas isso não ocorre na Terra. Num mundo ainda imperfeito, o Anjo é uma necessidade, uma providência Divina,
pois sofremos todo tipo de influência e o Anjo é a nossa boa influência, o equilíbrio. Sua missão é acompanharnos na vida terrena, ajudar-nos a progredir, auxiliar-nos e consolar-nos nos momentos difíceis. Mesmo nos amando muito não pode contrariar o nosso livre-arbítrio. Se escolhemos más companhias, vícios, erros, tenta nos intuir sobre o perigo e ora para que façamos uma boa escolha. Mas a escolha é nossa.
Ao dormir devemos pedir ao nosso Anjo da Guarda que, enquanto o corpo recupera as energias, ele acompanhe nosso Espírito para escolas no mundo espiritual e trabalhos em favor de nosso próximo. O Anjo da Guarda é um Espírito sempre mais evoluído que nós e geralmente são Espíritos que já viveram conosco em outras existências.
Nosso protetor se manifesta em nós pelo pensamento, idéias, intuição, inspiração, pressentimentos. Estímulo a uma leitura, um Livro aberto ao acaso, por um amigo que nos procura, uma forte vontade inspirada por ele para irmos a um estudo, uma palestra, etc. Devemos prestar muita atenção em nossa consciência, Kardec diz que o Anjo da Guarda nos fala através dela. Não nos abandona, mas quando escolhemos seguir o caminho do erro e permanentemente atraímos más companhias por nossas idéias, pensamentos, sentimentos e atitudes negativas, nós o afastamos por não darmos espaço a ele. Mas, ele estará nos acompanhando em pensamento e a qualquer momento quando desejarmos melhorar, ele estará pronto a nos atender. Qual a melhor forma de agradecer nosso Anjo da Guarda? É melhorando a nós mesmos! (ler a pergunta 919 do L.E) É o que o fará mais feliz!
( jairocapasso@uol.com.br )
Artigo publicado no jornal “O Arauto” Ano VII – N° 67 – julho/agosto – 2008

Sem comentários:

A Natureza é assim... Deus nos ensina se soubermos estar atentos...

A Natureza é assim... Deus nos ensina se soubermos estar atentos...
"Espíritas! Amai-vos, eis o primeiro mandamento; Instruí-vos, eis o segundo."

Vale a pena

Loading...

Se o amor se vai

Loading...