Siga este Blogue e indique aos seus amigos, eles lhe agradecerão...

domingo, 25 de novembro de 2007

AS PIRÂMIDES (e os exilados de Capela)

A assistência carinhosa do Cristo não desamparou a marcha de um povo cheio de nobreza moral. Enviou-lhe auxiliares e mensageiros, inspirando-o nas suas realizações, que atravessaram todos os tempos provocando a admiração e o respeito da posteridade de todos os séculos.
Aquelas almas exiladas, que as mais interessantes características espirituais singularizam, conheceram, em tempo, que o seu degredo na Terra atingia o fim. Impulsionados pelas forças do Alto, os círculos iniciáticos sugerem a construção das grandes pirâmides, que ficariam como a sua mensagem eterna para as futuras civilizações do orbe. Esses grandiosos monumentos teriam duas finalidades simultâneas: representariam os mais sagrados templos de estudo e iniciação, ao mesmo tempo em que constituiriam, para os pósteros, um livro do passado, com as mais singulares profecias em face das obscuridades do porvir.
Levantaram-se, dessarte, as grandes construções que assombram a engenharia de todos os tempos. Todavia, não é o colosso de seus milhões de toneladas de pedra nem o esforço hercúleo do trabalho de sua justaposição o que mais empolga e impressionam a quantos contemplam esses monumentos. As pirâmides revelam os mais extraordinários conhecimentos daquele conjunto de Espíritos estudiosos das verdades da vida. A par desses conhecimentos, encontram-se ali os roteiros futuros da Humanidade terrestre. Cada medida tem a sua expressão simbólica, relativamente ao sistema cosmogônico do planeta e à sua posição no sistema solar. Ali está o meridiano ideal, que atravessa mais continentes e menos oceanos, e através do qual se pode calcular a extensão das terras habitáveis pelo homem, a distância aproximada entre o Sol e a Terra, a longitude percorrida pelo globo terrestre sobre a sua órbita no espaço de um dia, a precessão dos equinócios, bem como muitas outras conquistas científicas que somente agora vêm sendo consolidadas pela moderna astronomia.
REDENÇÃO. Depois dessa edificação extraordinária, os grandes iniciados do Egito voltam ao plano espiritual, no curso incessante dos séculos.
Com o seu regresso aos mundos ditosos da Capela, vão desaparecendo os conhecimentos sagrados dos templos tebanos que, por sua vez, os receberam dos grandes sacerdotes de Mênfis.
Aos mistérios de Ísis e de Osíris, sucedem-se os de Elêusis, naturalmente transformados nas iniciações da Grécia antiga.
Em algumas centenas de anos, reuniram-se de novo, nos planos espirituais, os antigos degredados, com a sagrada bênção do Cristo, seu patrono e salvador. A maioria regressa, então, ao sistema da Capela, onde os corações se reconfortam nos sagrados reencontros das suas afeições mais santas e mais puras, mas grande número desses Espíritos, estudiosos e abnegados, conservou-se nas hostes de Jesus, obedecendo a sagrados imperativos do sentimento e, ao seu influxo divino, muitas vezes têm reencarnado na Terra, para desempenho de generosas e abençoadas missões.

VB / Do Livro: “A Caminho da Luz” pelo Espírito Emmanuel, psicografado por Francisco Cândido Xavier, páginas 46 a 48, da 9ª Edição 1978, pela Federação Espírita Brasileira, rua Souza Valente 17 ZC-08, Rio de Janeiro-RJ. Enviado via email pelo irmão e bom amigo do Jornalinho Valdemar Benini

4 comentários:

Anónimo disse...

Adorei saber mais sobre as pirâmides do egito mais numa visão espirita. Se poder me indicar mais livros sobre o assunto agradeço. Pesso que envie para o meu e-mail se não for pedir muito.

marianaconceição@yahoo.com.br

Anónimo disse...

o e-mail é assim digiteu errado marianaconceicao@yahoo.com.br

Anónimo disse...

A verdade é que o espiritismo não explica coisa alguma sobre como os antigos egipcios construíram a grande piramide de Giza, quero saber sobre as maquinas que eles utilizavam, como eles transportaram aquelas pedras de mais de 80 toneladas, o porque dela ser alinhada com a constelação de Orion, o porque dela ter sido construída, porque tem a forma de piramide, e além do Egito tem as outras civilizações antigas que me deparo com as mesmas perguntas, os Maias, os Sumérios, eu quero explicação sobre as ruínas de Puma punku, sobre o triangulo das bermudas, essas civilizações parecem estar conectadas umas com as outras, eu quero saber onde eu acho essas respostas no espiritismo por favor.

Luis Fernando De Souza disse...

Querido amigo, acho que temos algo em comum....duvidas.....kkkkk então comecei acompanhar documentarios como alienigenas do passado e a colocar em que kardec nos ensina, e vejo que a criatura jamais entenderá o criador, percebo o qto somos inferiores, que a caminhada mal começou pra nós terraqueos, e que é dentro da simplicidade da doutrina que iremos dar inicio ao que Jesus pregou que é o amor, uma tarefa nada facil, e qto ao assunto sobre as piramides basta acompanaharmos os estudiosos e o que cientificamente temos hj perante nosssa pequenina evolução.
Resumindo: estudar e trabalhar incanvelmente pela humanidade. Facil?

A Natureza é assim... Deus nos ensina se soubermos estar atentos...

A Natureza é assim... Deus nos ensina se soubermos estar atentos...
"Espíritas! Amai-vos, eis o primeiro mandamento; Instruí-vos, eis o segundo."

Vale a pena

Loading...

Se o amor se vai

Loading...