Siga este Blogue e indique aos seus amigos, eles lhe agradecerão...

segunda-feira, 31 de dezembro de 2007

DESAFIOS NA EDUCAÇÃO DO ADOLESCENTE

O propósito da adolescência é crescer.
Esses anos representam a transição entre ser criança e um jovem adulto.
É fundamental que os adolescentes tornem-se adultos que possam se respeitar, que tenham certeza sobre suas convicções e que tomem todas as iniciativas cabíveis para realizar seus próprios SONHOS, e não os nossos sonhos ou nossos desejos.
Muitos pais tentam se realizar nos filhos, esquecendo que cada espírito tem SUAS PRÓPRIAS tendências e inclinações.
Eles próprios, ou seja, NOSSOS FILHOS, devem descobrir maneiras de concretizar suas aspirações.
É importantíssimo a CONFIANÇA MUTUA, que possa respaldar um diálogo FRANCO e um vínculo VERDADEIRO com nossos filhos e o MUNDO DELES, pois assim poderemos participar de suas vidas, INTERAGIR com suas aspirações, SEM IMPOR nossas vontades, porém manifestando NOSSAS OPINIÕES, baseadas nas experiências que já tivemos, sem que isso represente qualquer TIPO de COAÇÃO.
O respeito MUTUO pressupõe um diálogo transparente, onde NÓS PAIS devemos nos transportar para o mundo deles, globalizado, acelerado, complexo, mas ao mesmo tempo cheio de atrativos e novidades.
É necessário ter uma RELAÇÃO ABERTA e AMOROSA com nossos filhos, para que eles nos contem a VERDADE no SEU DIA a DIA.
Que tipo de educação estamos dando para nossos filhos ? Será que estamos APTOS a orientar nossos filhos, num tempo TÃO DIFERENTE do que foi o nosso, um tempo onde o mundo era bem menor ( em conhecimento e tecnologia), bem menos complexo, onde a informação caminhava a passos de tartaruga, onde os conceitos eram os mesmos á décadas, e por isso as escolhas bem mais simples?

Segundo dados estatísticos referentes a pesquisa feita na Universidade do Paraná, pela psicóloga Lídia Webwer, os pais dos ADOLESCENTES de hoje estariam divididos da seguinte forma:( publicado na Revista Globo de 11 de Setembro de 2005), onde cada categoria relatada teria as seguintes características:

NEGLIGENTES:
Não têm um papel ativo nem mostram interesse pela vida do filho. Tais pais são pouco responsivos e têm poucas expectativas em relação a seus filhos; tb não apresentam REGRAS nem LIMITES.

PERMISSIVOS:
Têm um comportamento responsivo e afetuoso com seus filhos, mas não exigem nada deles, dão liberdade sem pôr limites.

AUTORITÁRIOS:
Apresentam medidas de disciplina punitiva e absolutas sem ter comunicação com seus filhos e apresentam poucas manifestações de AFETO.

PARTICIPATIVOS:
Esses PAIS reconhecem que os direitos dos pais e dos filhos SÃO RECÍPROCOS, mostram-se AFETUOSOS, RESPONSIVOS, ENVOLVIDOS e COMPROMETIDOS e apresentam limites CLAROS para o comportamento do ADOLESCENTE ( que já vem de criança), facilitando a FORMAÇÃO da identidade.

Segundo a psicóloga, cada categoria acima resulta em filhos com as seguintes características:

Filhos de NEGLIGENTES:
Os filhos têm a pior performance.
Podem apresentar ATRASO no desenvolvimento, problemas afetivos e comportamentais.
Há grande RISCO de a criança ou adolescente usar drogas e álcool, contrair doenças sexualmente transmissíveis, ter baixa AUTO-ESTIMA e depressão.

Filhos de PERMISSIVOS:
Os filhos são mais propensos a se envolver com problemas de comportamento e têm PIOR desempenho na escola.
Mas têm boa AUTO- ESTIMA, habilidades sociais e baixos níveis de depressão.
Há um ALTO RISCO de envolvimento com drogas, pois não aprenderam que existem regras e limites.

Filhos de AUTORITÁRIOS:
Os filhos tendem a apresentar desempenho moderado, mas se a COERÇÃO for FORTE podem ter ansiedade e pior desempenho escolar.
Geralmente são crianças e adolescentes quietos e passivos, mas podem mostrar HOSTILIDADE e AGRESSIVIDADE contra figuras de autoridade(PROFESSORES, por exemplo) .
Eles têm piores desempenhos em habilidades sociais, humor INSTÁVEL, baixa AUTO- ESTIMA e DEPRESSÃO.

Filhos de PARTICIPATIVOS :
Os filhos SÃO os MAIS COMPETENTES em TODOS os NÍVEIS.

Se analisarmos; veremos que somados os NEGLIGENTES e os PERMISSIVOS são 57% de adolescentes com um tipo de criação basicamente INADEQUADA, e se a esses, somarmos os AUTORITÁRIOS, teremos 67% numa faixa de educação altamente preocupante.
Que tipo de sociedade estaremos construindo para as próximas gerações, e por extensão, que mundo estaremos moldando, a continuar essa triste estatística na área da EDUCAÇÃO?
É preciso que fique bem clara a GRAVIDADE do tema, uma vez que esses filhos tenderão a criar seus filhos dentro de padrões muitas vezes SIMILARES aos que receberam, é o que diz o livro " Os adolescentes aprendem o que VIVENCIAM ", citado pelas autoras, a professora Doroty Law Nolte e a psicóloga Rachel Harris ;
Na Doutrina Espírita, vemos que o EXEMPLO fala mais alto. Nossos filhos tendem a ser muito CRÍTICOS com NOSSAS CONTRADIÇÕES, entre o que dizemos e o que fazemos, e algumas vezes chegam a achar graça da nossa insensatez; outras vezes nos cobram o porquê de tomarmos ATITUDES CONTRÁRIAS ao que PREGAMOS.
É preciso não confundir INSTRUÇÃO com EDUCAÇÃO.
A Educação abrange a Instrução, mas pode haver instrução desacompanhada de educação.
A instrução relaciona-se com o intelecto: a educação com o CARÁTER.
Instruir é ilustrar a mente com certa soma de CONHECIMENTOS.
EDUCAR é desenvolver os poderes do Espírito, não só na aquisição do saber, mas na formação e consolidação do CARÁTER.
Por tudo isso, é nosso dever educar, evangelizar e dar limites para nossos filhos. Limites são o PORTAL dos BONS RELACIONAMENTOS. Tem como objetivo nos tornar firmes e conscientes de nós mesmos, a fim de sermos capazes de nos aproximar dos OUTROS SEM SUFOCÁ-LOS, e RESPEITANDO-OS.
Nossos filhos precisam de LIBERDADE mas com MATURIDADE; e MATURIDADE pressupõe DISCIPLINA e RESPONSABILIDADE.
LIBERDADE sem RESPONSABILIDADE é IMPRUDÊNCIA, pode ser MUITO PERIGOSO, podendo mesmo ter CONSEQUÊNCIAS CATRASTRÓFICAS.

Aqueles que não têm disciplina( ordem que convém ao bom funcionamento de alguma coisa; pode ser no lar, na escola, no trabalho etc.), tem dificuldade em ACEITAR LIMITES, tendo por isso mais DIFICULDADES no CONVÍVIO tanto escolar, como no lar, ou mesmo no lazer.
Ausência de LIMITES é seguramente uma das MAZELAS da Sociedade atual, acarretando sérias dificuldades para os Professores nas escolas como atestam vários pedagogos, psicólogos e professores, o que pode gerar no futuro sérios problemas de adaptação a qualquer tipo de ATIVIDADE PROFISSIONAL.
Quando abdicamos de educar nossos filhos, estamos engrossando o contigente de pais negligentes ou permissivos, o que dificultará com certeza o futuro deles, da humanidade e do planeta, e ao mesmo tempo ROMPENDO com o COMPROMISSO ASSUMIDO na ESPIRITUALIDADE em relação á criação e á educação, que DEVEMOS lhes DAR.
Como estaremos incursos na Lei de Causa e Efeito, estaremos nos comprometendo para o futuro, quando teremos que ressarci-los, por não havermos feito o que era nosso DEVER.

Os Dez mandamentos dos Pais (Extraido do livro' Amor e vida em familia" de Geziel Andrade.)

1- Amarás teu filho com todas as forças de teu coração, mas usando SABIAMENTE a cabeça.
2- Não pensarás em teu filho como algo que te pertença, mas como uma pessoa.
3- Considerarás o respeito e o amor de teu filho, não como algo a ser exigido, mas como algo a ser CONQUISTADO.
4- Sempre que perderes a paciência com as imaturidades e os disparates de teu filho, pensa nas tolices e nos erros que praticastes na idade dele.
5- Lembra-te de que é um previlégio de teu filho fazer de ti um herói e considerar as tuas idéias corretas.
6- Lembra-te de que teu EXEMPLO é mais eloquente do que as recriminações e as tuas leis de moral.
7- Lutarás para ser para teu filho um letreiro VALIOSO na estrada da vida e não uma vala na qual ele se IMOBILIZARÁ.
8- Ensinarás a teu filho a manter-se por si mesmo e a travar as suas próprias batalhas.
9- Ensinarás a teu filho a ver a beleza em TUDO, a praticar a BONDADE, a AMAR a VERDADE e a viver em clima de AMIZADE.
10- Farás do lugar que habitas um verdadeiro LAR e um céu de FELICIDADE para ti próprio, para teus filhos, para teu cônjugue, para teus amigos e para os amigos de teus filhos.

Luz Amor e Paz.
Manuel

Sem comentários:

A Natureza é assim... Deus nos ensina se soubermos estar atentos...

A Natureza é assim... Deus nos ensina se soubermos estar atentos...
"Espíritas! Amai-vos, eis o primeiro mandamento; Instruí-vos, eis o segundo."

Vale a pena

Loading...

Se o amor se vai

Loading...