Siga este Blogue e indique aos seus amigos, eles lhe agradecerão...

quinta-feira, 12 de março de 2009

Sobre mulheres e igualdade

Amigos, como todos sabem, ontem foi comemorado o dia internacional da mulher. Não tive tempo de postar nenhuma mensagem sobre o tema, mas como, na verdade, todos os dias são dias das mulheres, gostaria de compartilhar com vocês hoje um trecho do Livro dos Espíritos para nossa meditação acerca da igualdade de direitos do homem e da mulher, que, infelizmente, ainda não é uma realidade completa em nosso mundo. Vamos refletir sobre isso e fazer a parte que nos cabe, depende de nós a construção de uma sociedade mais justa e, consequentemente, mais feliz. Abraços a todos e boa semana! :)




* * *




- Perante Deus, são iguais todos os homens?


“Sim, todos tendem para o mesmo fim e Deus fez Suas leis para todos. Dizeis frequentemente: “O Sol brilha para todos” e enunciais assim uma verdade maior e mais geral do que pensais.”




Todos os homens estão submetidos às mesmas leis da Natureza. Todos nascem igualmente fracos, acham-se sujeitos às mesmas dores e o corpo do rico se destrói como o do pobre. Deus a nenhum homem concedeu superioridade natural, nem pelo nascimento nem pela morte: todos são iguais diante Dele.




- São iguais perante Deus o homem e a mulher e têm os mesmos direitos?


“Não outorgou Deus a ambos a inteligência do bem e do mal e a faculdade de progredir?”




- Donde provém a inferioridade moral da mulher em certos países?


“Do predomínio injusto e cruel que sobre ela assumiu o homem. É resultado das instituições sociais e do abuso da força sobre a fraqueza. Entre homens moralmente pouco adiantados, a força faz o direito.”




- Com que fim mais fraca fisicamente do que o homem é a mulher?


“Para lhe determinar funções especiais. Ao homem, por ser o mais forte, os trabalhos rudes; à mulher, os trabalhos leves; a ambos o dever de se ajudarem mutuamente a suportar as provas de uma vida cheia de amargor.”




- A fraqueza física da mulher não a coloca naturalmente sob a dependência do homem?


“Deus a uns deu a força, para protegerem o fraco e não para o escravizarem.”




Deus apropriou a organização de cada ser às funções que lhe cumpre desempenhar. Tendo dado à mulher menor força física, deu-lhe ao mesmo tempo maior sensibilidade, em relação com a delicadeza das funções maternais e com a fraqueza dos seres confiados aos seus cuidados.




- As funções a que a mulher é destinada pela Natureza terão importância tão grande quanto as deferidas ao homem?


“Sim, maior até. É ela quem lhe dá as primeiras noções da vida.”




- Sendo iguais perante a lei de Deus, devem os homens ser iguais também perante as leis humanas?


“O primeiro princípio de justiça é este: Não façais aos outros o que não quereríeis que vos fizessem.”




- Assim sendo, uma legislação, para ser perfeitamente justa, deve consagrar a igualdade dos direitos do homem e da mulher?


“Dos direitos, sim; das funções, não. Preciso é que cada um esteja no lugar que lhe compete. Ocupe-se do exterior o homem e do interior a mulher, cada um de acordo com a sua aptidão. A lei humana, para ser equitativa, deve consagrar a igualdade dos direitos do homem e da mulher. Todo privilégio a um ou a outro concedido é contrário à justiça. A emancipação da mulher acompanha o progresso da civilização. Sua escravização marcha de par com a barbaria. Os sexos, além disso, só existem na organização física. Visto que os Espíritos podem encarnar num e noutro, sob esse aspecto nenhuma diferença há entre eles. Devem, por conseguinte, gozar dos mesmos direitos.”




Fonte: O Livro dos Espíritos (Capítulo IX - Da Lei de Igualdade)

Retirado do blog: http://espiritananet.blogspot.com/
visit, vala a pena.

Sem comentários:

A Natureza é assim... Deus nos ensina se soubermos estar atentos...

A Natureza é assim... Deus nos ensina se soubermos estar atentos...
"Espíritas! Amai-vos, eis o primeiro mandamento; Instruí-vos, eis o segundo."

Vale a pena

Loading...

Se o amor se vai

Loading...